Cores- Fernando Policeno

“HOJE EU QUERO RUBI, NÃO QUERO MAIS ESCAVAR
A COR DO OURO QUE EU VI, NO DEDO NEGRO VAI TA
E TODO MUNDO VAI VER, NO ESPELHO O SEU VALOR
CAPACIDADE NA VERDADE É INCOLOR”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s