Sapatos brilhantes de uma cinderela desencantada.

IMG_3052

Eu pergunto onde foi parar o encanto da cinderela que vive a dificuldade dos dias cotidianos, sempre trazendo obstáculos para ultrapassar e um belo dia decide cair na balada e acaba encontrando um boy magyyyyyya que dança loucamente e de tanto dançar ela desce do salto e tira os sapatos, mas se lembra da última linha de trem ou bus e tem que sair apressadamente para voltar para casa. Mentira eu não me pergunto isso, acho essa ficção fora da realidade dos dias de hoje, toda ficção com boys magyyya são estranhas para mim.

Sou uma cinderela desencantada, gosto dos contos reais, de gente com defeitos, com histórias, de gente louca, de encontros estranhos, de casualidade, de amores tantos, de mundo, sou a normalidade da não normalidade. Sou qualquer coisa, sou a estranheza do agora, acho que sou tudo.

Mas então escrevo sem nexo sobre sapatos brilhantes, sapatos mágicos, sapatos meus, que arranco dos pés e piso no chão, que sensação gostosa de pisar no chão, sentir na pele texturas do mundo. Dia desses sonhei que estava pela cidade andando descalço, por todos lugares e somente depois de um longo tempo me dava conta disso. Para que cinderelas encantadas de sapatos, se podemos ter sapatos brilhantes que desaparecem, e nos fazem sentir a realidade, nos deixam de pés despidos, sapatos alucinantes? Para que ter príncipe se podemos ter gente normal, louca, real,  para que idealizar tudo se apenas podemos viver?

Por: Nininha Albuquerque

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s