Maré 


A maré que leva meu corpo, faz velejar um barco para o desconhecido experimentar, experimental, o corpo que se lança a vida mergulha nas profundezas dos oceanos desérticos da não explicação é preciso mergulhar até se afogar para viver o instante perdido da fagulha do ser

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s